Operação Belvedere faz apreensões em Livramento

Foto: Divulgação
A PF cumpriu 26 mandados de prisão preventiva nas cidades de Poções, Mirante, Boa Nova, Livramento de Nossa Senhora e Feira de Santana. Segundo divulgou a polícia, além do prefeito, a primeira-dama, e o chefe do setor de licitação do município de Mirante também foram presos. A ação faz parte da segunda fase da “Operação Belvedere”, que combate o esquema de fraudes em licitação, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro. A Polícia Federal ressaltou que as prisões foram decretadas em razão do grupo investigado continuar operando irregularmente na prefeitura do município de Mirante. Segundo a PF, os investigados responderão por crime organizado, crime de responsabilidade dos prefeitos, fraude à licitação, associação criminosa, corrupção passiva, e lavagem de dinheiro. A primeira fase da operação foi realizada em 20 de outubro de 2015, quando foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão, bloqueio e sequestro de bens e valores de R$1.095.000, e seis mandados de suspensão do exercício da função pública e proibição de adentrar nas dependências da prefeitura. Em outubro de 2015, o prefeito do município de Mirante, na região sudoeste da Bahia, Hélio Ramos Silva, teve a função pública suspensa e ficou proibido de entrar nas dependências da prefeitura durante operação da Polícia Federal. De acordo com a PF, os crimes eram praticados em favor do prefeito.

Postagens Relacionadas
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »