Escolas estaduais devem aderir aos programas Mais Educação e Ensino Médio Inovador



As escolas da rede estadual já podem aderir aos programas Mais Educação (PME) e Ensino Médio Inovador (ProEMI), que atendem aos estudantes do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Para isso, as unidades devem preencher os dados, no período de 05 a 18 de novembro, no PDDE Interativo, através do link: http://pddeinterativo.mec.gov.br/. Os programas visam à ampliação dos tempos e espaços de aprendizagem dos estudantes nas escolas estaduais. A previsão para 2017 é a de que 500 unidades escolares da rede estadual participem do Ensino Médio Inovador e 700 do programa Mais Educação. De acordo com Rowenna Brito, coordenadora da Educação Integral da Secretaria da Educação do Estado, as escolas que já pertenciam aos programas devem fazer o mesmo procedimento para atualizar os dados cadastrais no sistema. “É fundamental que a escola preencha todas as informações para que tenha acesso ao recurso do programa. Com estes programas, a Secretaria fomenta a Educação Integral na rede estadual”, acrescenta. O Programa Mais Educação – É um programa do Governo Federal indutor da Educação Integral. O objetivo é garantir atenção e desenvolvimento integral às crianças, aos adolescentes e jovens, por meio da ampliação de tempos, espaços e oportunidades educativas que qualifiquem o processo educacional e melhorem o aprendizado dos alunos. O Programa Ensino Médio Inovador – Tem a finalidade de estimular nas escolas públicas estaduais a busca de novas soluções para melhorar a qualidade da educação, dando ênfase à reestruturação do currículo a partir das dimensões Ciência, Tecnologia, Trabalho e Cultura, através de atividades teóricas e práticas, promovendo, assim, impactos e transformações na superação das desigualdades; a universalização do acesso e permanência dos adolescentes de 15 a 17 anos no Ensino Médio; a consolidação da identidade educacional desta etapa; a oferta de oportunidades para aprendizagens significativas para jovens e adultos; e o reconhecimento e priorização da interlocução com as culturas juvenis. 

Postagens Relacionadas
Anterior
« Anterior
Proxima
Proxima »